Quem somos

Rocamora Teatre

Somos uma companhia catalã, inteiramente dedicada ao teatro de marionetes a fio, bonecos e objetos. Nossos shows são endereçados tanto para crianças e famílias, como para jovens e adultos.
Nós atuamos e ministramos cursos em todos os lugares, sendo bem valorizados internacionalmente, tendo recebido prêmios e reconhecimentos e participado em centenas de festivais de teatro distribuídos para dezenas de países ao redor do mundo, e até atuado em 6 idiomas.

Nós gostamos de fazer diverso

Cada um dos nossos espetáculos é diferente. Nós não seguimos modelos pré-estabelecidos. Escolhemos a técnica de animação, a encenação e a estética que consideramos mais adequada a cada um, de acordo com o conteúdo, o drama e a faixa da idade do público a que irá destinado. Nós tentamos de não nos repetir nunca. Gostamos de correr riscos e experimentar, mas sem abaixar para nada o nível de interesse e profissionalismo. Para isso, dedicamos a eles muito tempo de preparação. E se são bons no início, ainda são melhores na medida em que eles se representam. Mudamos e acrescemos os espetáculos, enquanto permanecem no repertório. Não rejeitamos nenhuma ideia sem experimentá-la primeiro. Porque acreditamos fortemente no Work in progress!

Os objetivos que nos movem, ou por que somos bonequeiros

A nossa prioridade principal é estabelecer através dos espetáculos, um nexo imaginativo e emotivo com o público, com independência da idade e dos fatores sociais e culturais que o acompanham. E o teatro da animação nós o permite vastamente. O fascínio que os bonecos bem animados exercerem sobre eles, gera o efeito mágico do jogo simbólico mais verdadeiro: Os bonecos são os personagens que eles representam, não enganam ninguém. Eles jogam limpo!
Embora manobrando sempre "a vista", a atenção do público se concentra em todo momento no objeto dramático "boneco", que se torna o protagonista da ação: ele atua, é o ator!
Fazendo teatro, fazemos festa, fazemos rir e sorrir, fazemos poesia, fazemos pensar e reagir. Praticamos um ritual atávico libertador, por meio do que mostramos conflitos da humanidade. Somos espetáculo, somos educação, somos cultura.


Histórico da Companhia

Carles Cañellas, bonequeiro profissional desde 1976, decano dos marionetistes de fio catalães. Considerado pela crítica internacional entre os mais qualificados na Europa, fundou Els Rocamora (agora Rocamora Teatre) em 1982, enquanto vivia e trabalhava na Itália, depois de ter passado por os grupos de Barcelona: T.I.Z. (1974-76), Grupo-Taller de Marionetas (1976-78), Col·lectiu d'Animació de Barcelona (1978-80) e do circo Circ-Cric (1980-81). Professor do Institut del Teatre de Barcelona, Curso Acadêmico 2005-06. Dirige espetáculos de outras companhias e trabalha no cinema e na televisão como ator e também desenhador, construtor e animador de bonecos e objetos. Organizador e Diretor do Festival de Titelles del Moianès e do Espai Animacions, centro de iniciativas bonequeiras.
Em 1987 se juntou à companhia Susanna Rodriguez, bonequeira, ex-dançarina das companhias de dança contemporânea: Taba (1982-86), Saez-Taba (1986-87) e Trànsit (1988-89).


Rocamora Teatre

Prêmios e Reconhecimentos

- Carles Cañellas foi nomeado Membro Honorário da Unima Catalunya. Novembro de 2020.
- Reconhecimento aos 35 anos de Trajetória Profissional de Rocamora Teatre, do 35 FESTIVAL TITIRIJAI, TOPIC
Tolosa (Espanha).
- Galardão a Melhor Obra Dramática no 2nd Nanchong (China) International Puppet Art Week Festival 2017 para IDENTITATS (Identidades).
- Reconhecimento da Trajetória Profissional. 27a Fira de Teatre de Titelles 2016. Lleida.
- Prêmio de Reconhecimento da Carreira Profissional. "La Titellada 2012", 7a Mostra de Titelles de les Roquetes. Barcelona.
- Reconhecimento da Carreira Profissional. IX Festival Internacional de Titelles i Màscares 2011. Esplugues de Llobregat.
- Galardão à Melhor Animação do "11th World Festival of Puppet Art 2007" de Praga, Chéquia, para o espetáculo SOLISTA.
- Prêmio de Reconhecimento da Carreira "La Luna d'Argento 2004". Festival internazionale del Teatro di Figura "La Luna è Azzurra" de San Miniato (Pisa) Itália.
- Prêmio "Fem Teatre" da Prefeitura de Barcelona, para o espetáculo NEGRE SOBRE NEGRE.
- Prêmio Melhor Espetáculo. "2a Mostra de Teatre de Titelles de l'Estat espanyol" de Terrassa, para AIR MAIL.
- Prêmio ao Melhor Espetáculo de Teatro da "Biennal d'Art Jove 1985" de Barcelona, para AIR MAIL.
- Pública Menção do Júri do "XVIIè Festival Internacional de Teatre" de Sitges, para AIR MAIL.

... E o mais importante, o reconhecimento constante do nosso público em todos os lugares.


Espetáculos

JOGAS? Rocamora Teatre

JOGAS? (2020) Espetáculo de formato médio sobre mesa. Sem palavras. Para crianças e famílias. Interior ou exterior. Apto para transporte aéreo (2 pax, 1-2 malas). Jogas? é a pergunta que é feita a outra pessoa, para convidá-la a compartilhar algum tempo de brincadeira, para se divertir ou a se entreter juntos. Jogas? é um incitamento ao jogo simbólico, ao jogo livre.


IDENTITATS Rocamora Teatre

IDENTITATS (Identidades) (2016) Espetáculo formato médio para ator, marionete de fios e seis máscaras. Sem palavras. Para jovens (+10) e adultos. Interior ou exterior.
Apto para transporte aéreo (2 pax, 1-2 malas). A mais pura essência da Marionete, nos adentra em uma pesquisa dramática emocionante e surpreendente da sua própria existência, onde ela evolua sob várias coreografias, com música eletrônica, ambientes de luz e vídeo arte.
-- Galardão a Melhor Obra Dramática no 2nd International Puppet Art Week Festival 2017 Nanchong, China


OLIU, EL PETIT LLENYATAIRE Rocamora Teatre

OLIU, O PEQUENO LENHADOR (2010) Espetáculo de formato médio para dois atores, efeitos de sombras e seis bonecos de tringle. Para público infantil e familiar. Interior. Nos sonhos se pode fazer o que mais se quer. Esta é uma criança que tem medo que um dia os seus pais se separem... Um conto dentro de uma história... e uma história dentro de um conto.


EM FAS FÀSTIC Rocamora Teatre

EM FAS FÀSTIC (2009) Espetáculo de marionetes de mesa. Proposta cênica para jovens e adultos sobre violência sexista, com base nas histórias de "Exemplary Crime", de Max Aub.


EL RETABLO DE MAESE PEDRO Rocamora Teatre

EL RETABLO DE MAESE PEDRO (O RETABLO DE MAESE PEDRO) (2005) Coprodução com Mercè Framis e L'Auditori de Barcelona. Representação para teatro de sombras da obra de Manuel de Falla, com motivo do concerto inaugural do Ano do Livro e a Leitura, interpretado pela Jove Orquestra Nacional de Catalunha, baixo a batuta do Maestro Manel Valdivieso e a participação de dois cantores líricos e um ator.


BUSCANDO O SOL Rocamora Teatre

BUSCANDO O SOL (2002) Espetáculo de formato médio para dois atores e bonecos de várias técnicas. Para público infantil e familiar ou todos os públicos. Interior ou exterior. Baseado em um conto tradicional chino. Coproduzido com Biel Porcel e Binixiflat Teatre. Criado em colaboração com a ONG "Veterinários Sem Fronteiras" (Espanha).


O TRAJE NOVO Rocamora Teatre

O TRAJE NOVO (2002) Espetáculo de formato médio para dois atores, máscaras e dezesseis bonecos de várias técnicas, a principal: a marionete a fio. Para público infantil e familiar ou todos os públicos. Interior ou exterior. Livre adaptação do conto de H.C. Andersen "O traje novo do Imperador", com conteúdos próprios, como a migração, a paz, a exploração do trabalho, o comércio justo.


PEQUENOS SUICÍDIOS Rocamora Teatre

PEQUENOS SUICÍDIOS (2000) Espetáculo de pequeno formato para um ator e muitos objetos animados. Em Português. Para jovens e adultos. Interior. Apto para transporte aéreo (2 pax, 1 mala). Recreação em colaboração com Gyula Molnár, autor do espetáculo "PICCOLI SUICIDI" que representou com grande sucesso. Um clássico do teatro de objetos e peça de culto entre os conhecedores.


SOLISTA Rocamora Teatre

SOLISTA (1997) Espetáculo festivo de formato médio para um ator e seis marionetes. Em Português. Para todos os públicos, com versões para público infantil ou familiar e também para jovens e adultos. Interior ou exterior. Apto para transporte aéreo (2 pax, 3 malas). Sete histórias engraçadas, poéticas, surpreendentes, com um espírito comum: a verossimilitude de vida própria dos bonecos.

-- Galardão à Melhor Animação em o "11th. World Festival of Puppet Art 2007" de Praga, República Checa.


FÁBULAS DE LA FONTAINE Rocamora Teatre

FÁBULAS DE LA FONTAINE (1997) Engraçada adaptação em verso de sete fábulas de Jean de La Fontaine, com atores, bonecos de manipulação interna com boca móvel, bonecos de tringle e marionetes de fio.


AUBUSTER Rocamora Teatre

AUBUSTER (1993) Apaixonante trabalho com marionetes. Metáfora cômica sobre o passo pela vida, desde "o nascimento" até o encontro com "a morte".


EL PERSEGUIDOR Rocamora Teatre

EL PERSEGUIDOR (O PERSEGUIDOR) (1990) Coprodução com o "Festival de Tardor de Barcelona", a "Fira de Teatre de Tàrrega" e "Teatre Obert". Adaptação para atores, objetos e marionetes do conto homônimo de Julio Cortázar.


RULETA RUSSA Rocamora Teatre

RULETA RUSSA (ROLETA RUSSA) (1989) Fruto do trabalho de estúdio com o dramaturgo José Sanchis Sinisterra é os seis monólogos que compõem esta peça experimental para atores, onde se propõe um arriscado exercício sobre as várias modalidades dos monólogos. Reflexão relativa às formas de expressão da linguagem teatral.


FENÒMENS Rocamora Teatre

FENÒMENS (FENÔMENOS) (1988) Compilação de peças breves para bonecos de fio realizados para o programa "filiprim" de Josep Maria Bachs em TV3 (TV pública da Catalunha), com o qual também participaram em os programas da TV “Dicciopinta” e "La Parada".


NEGRE SOBRE NEGRE Rocamora Teatre

NEGRE SOBRE NEGRE (PRETO SOBRE PRETO) (1986) Marionetes e humor negro para adultos.
-- Prêmio "Fem Teatre" da Prefeitura de Barcelona.


AIR MAIL Rocamora Teatre

AIR MAIL (1985) Audaz produção com uma posta em cena tão complexa como atraente, inspirada em o cinema, a novela e as bandas desenhadas de série negra americana. Reconhecido por público e crítica, nacional e estrangeira, como uma peça capital do teatro com bonecos.
-- Pública Menção do Júri do "XVIIè Festival Internacional de Teatre de Sitges".
-- Prêmio ao melhor espetáculo de Teatro da "Biennal d'Art Jove 1985" de Barcelona.
-- Prêmio ao melhor espetáculo da "IIa Mostra de Teatre de Titelles de l'Estat espanyol" de Terrassa.


LA MALETA Rocamora Teatre

LA MALETA (A MALA) (1982) Seguindo o estilo que iniciou em o Col·lectiu d'Animació de Barcelona, atores e marionetes atuam juntos, criando situações cômicas e inverossímeis. Mais de 500 funções em festivais e circuitos teatrais de 9 países.


História - Membros, Colaboradores, etc.

- Antigos membros:

Yolanda Fontanillas, Rosa Cañellas, Jaume Vilalta, Anna Pedreira e Carme Grau.
- Trabalharam para Rocamora Teatre:

Toni Serra, Pau Freixas, Ivan Hernàndez, Jordi Soler, Toni Rueda, Manel Torrent, Julia Cano, Marco Antonio Zafra, Ramon Coromina, Emili Palma, Evaristo Granado, Remei Barrio, Montse Esteve, Carme Alor, Carmen Alvarez, Núria Sais, Conrad Sagués, Ferran Madico, Oscar Barberan, Manuel Veiga, Darryl J. Clark e Blanca Pàmpols.
- Amigos e Colaboradores:

Giacomo Verde, Pere Cañellas, Jesús R. Atienza, Maurizio Bercini, Giulio Molnár, Claudio Guain, Paola Crecchi, Quico Gutiérrez, Raúl Ruiz, Miki Espuma, Carles Padrissa, Roger Blavia, Ricard Casals, Pere Molina, Joan Ramon Anguera, Pep Ros Ribas, Berty Tovías, Antoni Belart, Rosa Victòria Gras, José Luis Alvarez, Cristóbal Fernández, Agnès Soteras, Biel Porcel, David Laín, Carme Calvet, Ferran Albiol, Mercè Framis e Joan Canyelles.

Informações adicionais e download

  DOSSIÊ SIMPLES INFO + FOTOS

Rocamora Teatre na Internet

Rocamora Teatre no Facebook Rocamora Teatre no Twitter Rocamora Teatre no YouTube Rocamora Teatre no Pinterest

Compartilhar esta página